O Misantropo Enjaulado

O optimismo é uma preguiça do espírito. E. Herriot

Sunday, November 12, 2006

Afinação do Ouro

.

Dizem desta «Praia», de Paul Nash, que integra elementos alquímicos, pelo destaque purificador que uma fonte sugere, subalternizando aquilo que em bruto seria esperável encontrar-se em tal lugar, o líquido corrompido pelo sal que não aconselhasse bebê-lo. Pensando bastante no caso surgiu-me a cogitação sobre a possibilidade de se ver nela uma alegoria das Palavras, o filtro que torna cada um potável aos Outros. Nesse sentido se compreenderia o desespero daqueles que desistem de as proferir: não teriam tanto perdido a fé nos demais, mas antes em si próprios e na capacidade verbal que levasse outrem a engoli-los. Não trataria assim a imagem de Alquimia, mas meramente de química - a que gera os vários graus da atracção. E que altera a realidade, da qual Conrad reafirmou serem as palavras inimigas. Ao que convém contrapor a famosa prevenção eliotiana, segundo a qual a Espécie não a suporta em demasia.

2 Comments:

  • At 4:32 PM, Blogger Espadachim said…

    ainda fica por explicar a "ogiva" que se vê sobre a fonte

     
  • At 8:37 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Talvez a plena aceitação pelo Outro passar pela direcção do discurso pelo Caminho de Deus, Caro Espadachim?
    Nos esoterismos não me meto.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

 
">
BuyCheap
      Viagra Online From An Online pharmacy
Viagra