O Misantropo Enjaulado

O optimismo é uma preguiça do espírito. E. Herriot

Thursday, November 16, 2006

História à Americana

.

Prometido é devido. Cá venho falar de «MARIE ANTONIETTE». Há muito tempo que não desejava tanto que um filme chegasse ao final, apesar de o saber infeliz. E não foi porque estivesse muito absorvido pela acção. Já calculava que tivesse de ir procurar a História a outro lado, mas esperava um bocadinho mais, sob o ponto de vista cinematográfico. Dunst tem as expressões adequadas a quem passassse por peripécias paralelas, desde que se tratasse de uma rapariga de New Jersey, não uma Arquiduquesa da Áustria, mais tarde Delfina e Rainha de França! O estratagema de ir colocando secamente a sucessão dos episódios mais conhecidos em tosco pela generalidade das Pessoas, acompanhados de fundos musicais da ultra-contemporaneidade parece ser o maior salto criatvo da realizadora!
E depois, aquela ideia que passa de que a Corte Imperial de Viena seria menos formal do que a Francesa... a completa inexistência de uma única réplica memorável... aquele Rousseau metido à pressão numa leitura de jardim, sem explicar como alterou as mentalidades, a da vida sentimental da protagonista incluída... a nulidade de densidade dramática nas cenas que mais se prestariam, mesmo na menos desaproveitada sob esse ponto de vista, a das palmas desacompanhadas no Teatro... a caricatura em massa, com a Du Barry e Luís XVI à cabeça... A abstractização da multidão sanguinária, sempre mais ouvida do que vista...
Bem me tinham avisado o Je Maintiendrai e o Eurico!

13 Comments:

  • At 10:12 PM, Blogger O Jansenista said…

    Até Rousseau aparece? É desta que eu dou um estoiro de frustração de não ter visto o filme!

     
  • At 10:25 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Jansenista:
    Apenas uma leitura apressada de um trecho dele, metido sem desenvolvimentos de maior. Uma desgraça! O da bondade da Natureza, já se vê.
    Abraço.

     
  • At 12:15 AM, Anonymous Eurico de Barros said…

    I told you so... ;-)

     
  • At 1:52 AM, Blogger Capitão-Mor said…

    Ainda ontem vi em DVD, "O enigma do colar" onde também figura essa rainha controversa. Uma personalidade ímpar...

     
  • At 2:46 AM, Anonymous Anonymous said…

    Depois do documentário de Al Gore, nada pode ser mais propenso ao bocejo. Tenho de ir ao cinema comprovar a minha conjectura (a ver se não me esqueço da almofada).

    abraço, et vive les frères Lumière

     
  • At 2:57 AM, Anonymous Luís Graça said…

    Ainda não vi...e pelo que dizem...

     
  • At 9:26 AM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Eurico:
    E não há dúvida de que Quem me avisou meu Amigo foi.

    Meu Caro Capitão-Mor:
    Essa é outra - talvez o acontecimento que, sem qualquer culpa da pobre Soberana, vítima de uma quadrilha que fez uma sósia passar-se por ela, mais afastou a Rainha do Povo, nem é referido.

    Meu Caro Simão:
    Cpm este filme consegue adormecer até em cima de uns cardos!

    Meu Caro Luís.
    Aplica o Teu precioso tempo noutra, que esta não Te merece.
    Abraços a Todos.

     
  • At 11:32 AM, Blogger MySelf said…

    Ora aqui está: eu quase que tinha a certeza que irias ter a mesma opinião que eu! E eu que tinha gostado tantos dos outros dois filmes da Sophia Coppola...

     
  • At 11:36 AM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Pois é, Querida Luz Acesa, mas neste a facilidade foi demasiada. E olha que estou a falar sob o ponto de fista cinéfilo, não do do curioso da História.
    Enfim, uma barretada que ambos enfiámos.
    Beijinho.

     
  • At 2:21 PM, Anonymous Teresa said…

    já não vou. confio em todos os vossos comentários! ;)

     
  • At 7:13 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Querida Teresa:
    Livraste-Te de boa, não dará para a jantarada do E-Milhões, mas considero que podes bem oferecer uma bica, hihihihihi.
    Beijinho.

     
  • At 9:33 PM, Anonymous Teresa said…

    combinado, ofereço-te um caneco no domingo, lá na taberna, ;)

     
  • At 11:44 AM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Está combinado o encontro lá. Mas aí pese embora a obrigatoriedade do consumo, as bebidas correm por conta da casa, Querida Teresa.
    Beijinho.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

 
">
BuyCheap
      Viagra Online From An Online pharmacy
Viagra