O Misantropo Enjaulado

O optimismo é uma preguiça do espírito. E. Herriot

Sunday, November 19, 2006

O Porquê das Coisas

.


Nem dormi bem, tentando encontrar uma explicação razoável para o percalço do Glorioso SLB na partida de ontem, por minhotas terras. Cheguei a temer que houvesse sido castigo da minha prevaricação no pecado da gula, de tanto que me regalei com um Cozido à Portuguesa materno. E posso confessar-Vos que, se sou mau patriota em matéria de bacalhau, passo a ultra-nacionalista perante esta plurifacetada iguaria. Mas, de súbito, fez-se a luz! tinha estado a ler esta vida de D. Frei Bartolomeu dos Mártires, durante a tarde. Quem manda pegar em biografias dum Arcebispo de Braga, no dia em que o Benfica ia jogar à dita? Mas era aquisição recente e apelativa...
Ah, e já agora, tirem o Quim da equipa. Com três guarda-redes, há que responsabilizar as falhas. E uma franganada daquelas quase dispensava as influências contrárias do grande Personagem Histórico...

 Posted by Picasa

12 Comments:

  • At 3:02 PM, Anonymous Teresa said…

    paulo, não partilhamos o mesmo gosto futebolístico (somos os maiores rivais), mas no cozido caseirinho, aí estamos de acordo. e salto para um momento nostálgico e relembro os domingos ao almoço em casa da minha avó em que a ementa, invariavelmente era cozido no forno a lenha. a mesa com os avós, tios, tias, primos e primas. que domingos memoráveis!

     
  • At 3:56 PM, Anonymous Anonymous said…

    Olá Paulo e Teresa
    O Dia do Cozido cá em casa também é aos Domingos.
    Uma vez por mês vêm irmãos, cunhados e cunhadas, sobrinhos e filhos. 28 pessoas! Calhou Domingo passado.
    Beijinhos aos dois.

     
  • At 5:59 PM, Anonymous çamorano said…

    Cartoon o viñeta en Almanaque de Santo Antonio (Montariol, Braga, años 60): "As travesuras do Quim......"

     
  • At 6:39 PM, Anonymous çamorano said…

    Braga, Primas das Espanhas.....

     
  • At 6:44 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Querida Teresa:
    Espero que o périplohaja corrido de feição. Não temos o mesmo gosto futebolístico? Ora, ninguém é perfeito - por uma única vez esta frase adequa-se a Ti. E viva o cozido que é prato tão rico que nos deixa concordes e contentes, na nostalgia como no proveito!

    Portentosa MFBA:
    28! Céus! E recipientes para conter o alimento de tanta gente? A Querida MFBA ao Domingo usa a cozinha do Paço da Vila, em Sintra, não?

    Meu Caro Çamorano:
    Só Tu para Te lembrares dessa... mas este Quim é pior do que o outro, porque travesso mas involuntariamente.

    Por cá defendeu-se muito isso, mas rivalizando com Toledo e Terragona.
    Beijinhos e abraço.

     
  • At 7:17 PM, Blogger pedro guedes said…

    Meu caro Paulo, permito discordar duas vezes e concordar outras tantas. Começando pela concordância: também não posso com bacalhau e sou apreciador do Cozido. Caminhemos agora para os aspectos fracturantes: que explicação querias tu encontrar que ainda não tivesses descoberto? Aquilo é tão limpinho que não tem ciência. Cada saída... três 'batatas'! Segundo quesito: pela minha parte, posto que não sou vermelho, acho lindamente que o tirem da equipa, especialmente se é para lá meter qualquer um dos outros dois frangueiros - de preferência o Moreira, que é bom cliente lá das minhas cores :)
    Mas de amante do futebol para amante do futebol, sempre te digo que aquilo não foi um frango. Foi uma infelicidade, talvez fruto do rapaz estar distraído, mas que em condições normais não dá o golo que deu - e que golo!
    Abraço.

     
  • At 8:51 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Pedro:
    Viva pois a concórdia alimentar.
    Quanto à capoeira, sempre Te direi que me está atravessada essa dos 4-1, que fez o rapaz sair da equipa, quando não teve culpa em qualquer dos golos. E claro que é muito menos peruzeiro do que o Quim.
    A análise do golo imputo-a à Tua prpoensão para a defesa dos animais... de aviário.
    Abraço.

     
  • At 9:10 PM, Anonymous çamorano said…

    El que prueba el cocido a la portuguesa, repite, porque "no repite"........

     
  • At 9:26 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Ninguém se arrepende, realmente, Amigo Çamorano. Já agora, uma provocação a Todos os Adeptos do magnífico prato: a mim, que gosto, normalmente de batata, o que menos me entusiasma naquela aglomeração de comida é, justamente, a dita. Vingo-me nas couves, nabos, cenouras, para além das carnes, claro.
    Abraço.

     
  • At 9:35 PM, Anonymous çamorano said…

    Para que sea completo el plato de cocido a la portuguesa, delicatessen: cachelos (patatas cocidas) de Ginzo de Limia(Orense), proveedores de la Casa Real Británica.......

     
  • At 10:30 PM, Blogger pedro guedes said…

    Com gosto, meu caro Paulo, vejo-me forçado a dar-te inteira razão num ponto. Dizes que o miúdo não teve culpa nos quatro golos tomados (aliás lindíssimos) e dizes bem. Espreitando a imprensa da época, verifica-se até algum consenso quanto a aceitar de forma quase unânime a tese de que o rapaz foi o melhor jogador em campo. Assim não fosse, e muito provavelmente o 'record' lá da casa não estivesse - ainda - naqueles 17-0 com que o Vilafranquense (dos Açores) abrilhanta a gloriosa História do Belenenses e que eu tive o gosto de presenciar in loco! :)
    Abraço.

     
  • At 10:13 AM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Ah, Caro Çamorano, imagino que seja essa proveniência o que falta para que eu preze as batatas cozidas tanto como o resto...

    Meu Caro Pedro:
    brinca, brinca, mas o caso é grave; e devo dizer-Te que considero o Moreira capaz de trazer mais diferença positiva à nossa baliza do que o Quim.
    Abraços a Ambos.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

 
">
BuyCheap
      Viagra Online From An Online pharmacy
Viagra