O Misantropo Enjaulado

O optimismo é uma preguiça do espírito. E. Herriot

Wednesday, October 25, 2006

Do or Die

.


A Guerra da Crimeia foi a primeira que consagrou a figura do Comentador. Pelo menos desde a dos Sete Anos, havendo quem diga que antes, até, uns quantos carolas seguiam com bandeirinhas os movimentos das tropas. Mas o atraso com que as novas chegavam faziam com que, muitas vezes, a sorte das batalhas já estivesse decidida aquando da notícia de mais um movimento. A partir da Crimeia, com os novos meios tecnológicos, os despachos dos jornalistas demoravam muito menos a chegar às redacções, iniciando, com Russell à cabeça, a generalização opinião do homem comum sobre as estratégias bélicas, um pouco o período que hoje plenamente vivemos, com a "guerra em directo". Nesse conflito havia uma má vontade da opinião pública contra a parca acção da cavalaria britânica, a qual, somada a incompatibilidades de caracteres dos vários graus de comando conduziria à exibição da bravura e à tragédia. O detonador foi um capitão que, encarregado de enviar uma mensagem do Comando, tinha a infelicidade de ter opiniões radicais sobre o emprego da cavalaria e alterou, não se sabe com que grau de consciência, a ordem para carregar sobre uns canhões navais em deslocamento, alargando-a a uma maior vastidão das baterias ao longo das linhas russas. Lord Cardigan duvidou da pertinência da ordem, mas nem por um minuto da necessidade de obedecê-la. Contra fogo de várias proveniências na «Carga da Brigada Ligeira» desbaratou a sua unidade, reduzida quase a dois sétimos do que fora. MAS CUMPRIU, comandando-a no terreno, coisa sempre de louvar quando tantos se deitam a estimar probabilidades e possibilidade de preservação.
O título vem, claro está, do celebrativo poema de Tennyson.

2 Comments:

  • At 1:24 PM, Blogger Espadachim said…

    o mensageiro infiel acabou por pagar porque foi dos primeiros a cair

     
  • At 7:21 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Espadachim:
    É certo. Mas pereceram também tantos outros que nenhuma culpa tinham... Creio que aquela infeliz conjugação de factores nunca se teria verificado sem a intromissão da opinião pública sedenta de combates. E é para este perigo que quero chamar a atenção, quando os bitaites do homem que lê os jornais se sobrepõe aos pareceres técnicos.
    Abraço.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

 
">
BuyCheap
      Viagra Online From An Online pharmacy
Viagra