O Misantropo Enjaulado

O optimismo é uma preguiça do espírito. E. Herriot

Friday, July 28, 2006

Outra Declaração...

Viena está na berra. Foi em 1914 aos Sérvios, é hoje o Áustria da capital do seu País ao Glorioso SLB. Esperemos que na Champions o resultado seja igual, para os Austríacos, ao que, infelizmente, tiveram na I Guerra Mundial. Apesar de ser dos adversários teoricamente mais fortes na pré-eliminatória que o Benfica disputará, estou optimista. O que eu não queria, nesta fase, era equipas espanholas ou italianas. Ainda não há pulmão nem entrosamento para pensar em fazer-lhes frente. Com os que calharam, o ritmo pode ser mais moderado, que é o que convém.

5 Comments:

  • At 2:42 PM, Blogger O Jagoz said…

    Esteja descansado que o Austria não é o Sporting. Têm é de explicar ao matraquilho que lá têm na cabeça da área qual é a baliza certa...

     
  • At 4:37 PM, Blogger Zé Maria said…

    Depois de ver o que vi ontem, meu caro Paulo, espero bem que afinal tudo não tenha sido, neste momento, mais que cargas intensas de treino.
    É que, para já, parece-me que o coração continua a não aguentar o que vê. (Bem aventurado o "comando" da TV...)
    Aquele abraço e Bom Fim de Semana

     
  • At 6:47 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Jagoz:
    Espero que esteja certíssimo. Mas olhe que até gosto daquele grego e ontem voltei a gostar dele. Foi um momento quântico, o azar dos Távoras. E embora fosse impossível prever o que sucederia, o Sô Moreira também não estava onde deveria.

    Meu Caro Zé Maria:
    Ser benfiquista também implica uma condição sofredora, ultimamente. Mas estou convicto de que em breve regressaremos aos êxitos, o que não é garantia, já que alegrias extremas também são perigosas.
    Bom fim de semana, também para o Meu Caríssimo Amigo.
    Abraços a Ambos.

     
  • At 1:04 AM, Anonymous Luís Graça said…

    Caros benfiquistas:
    Cumpre-me alertar-vos para o que aí vem, em termos de futebol.

    (Sim, porque há sinais de notórias melhorias nas outras modalidades. O basquetebol vai ter equipa candidata ao título; o andebol vai dar um pulo monstruoso, permitindo-vos já para o ano ver o Glorioso a ganhar ao Sporting; o voleibol, muito bem dirigido por José Jardim, por certo proprocionará bons espectáculos; o hóquei também poderá acertar agulhas).

    O pior é o futebol.
    Já percebi uma coisa. A pré-época está perdida. A equipa não soube construir uma identidade e não terá tempo de o fazer.
    Psicologicamente, os inêxitos no Torneio do Guadiana (os primeiros de muitos que aí vêm) vão deixar marcas indeléveis.
    Rui Costa está nitidamente mal, em termos físicos. Não terá tempo de recuperar até à eliminatória com os austríacos. O "patrão" do meio-campo fatalmente será "menos um" a defender, provocando situações de inferioridade numérica.
    Moretto continua a "frangar" em bom ritmo.
    Para compor o ramalhete, um senhor chamado Paulo Jorge é cavalheiro que não devia andar no desporto. A entrada sobre o João Alves deixa-me perfeitamente esclarecido.
    Se o Benfica passar à Liga dos Campeões será para mim uma surpresa. E nem sequer estou por dentro do momento de forma dos austríacos.

     
  • At 8:48 AM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Luís:
    Vira para lá essa boca! Não vi o jogo de ontem, pois fui para uma patuscada habitual às Sextas, porém creio que há material para construir uma equipazita. Pelo que vi contra o Sporting, não se pode é pôr a titular um Nuno Assis, com a falta de ritmo que evidencia. E se quiserem aproveitar as aberturas do Ruî têm de colocar dois extremos, não preencher o meio-campo com homens do centro. Se quiserem começar o jogo com estes, então é deixar o Rui no banco, fazendo-o entrar como arma decisiva.
    Mas fico contente com as perspectivas nas outras modalidades. Era bom mas pouco estarmos apenas suspensos da superioridade da Vanessa Fernandes.
    Abraço.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

 
">
BuyCheap
      Viagra Online From An Online pharmacy
Viagra