O Misantropo Enjaulado

O optimismo é uma preguiça do espírito. E. Herriot

Thursday, December 07, 2006

Golden Gates

Atenção a esta notícia, cuja formulação pode enganar os menos prevenidos: O Senado Norte-Americano, com a nova composição, de maioria Democrata, conforme resultou das eleições de Novembro, ainda não está em funções, só entrando nelas em Janeiro próximo. Foi o elenco de Senadores cessante que votou a confirmação de Robert Gates como secretário da Defesa, o que revela grande consenso sobre a figura de um Homem desde o início muito crítico da forma como foi (im)pensada a permanência das forças militares no Iraque, após a vitória na guerra clássica. E note-se que dois dos raros opositores foram Rick Santorum, da Pennsylvania e Jim Bunning, do Kentucky. O primeiro voi vencido na tentativa de reeleição, nada tendo a perder em mostrar-se mais rumsfeldiano que Bush, jogando toda a possibilidade de um retorno político na imagem de uma fidelidade absoluta aos princípios de votações anteriores, impeditiva de alinhar com inversões de sentido de marcha. O segundo está a fazer, provavelmente, o seu último mandato, antes de se reformar. Ambos censuraram o futuro responsável pelo Pentágono por não calar as críticas no momento em que decorrem combates, o que é uma aposta em que a Estrutura venha a desmentir as determinações eleitorais da Conjuntura. Optimismo para os mais benévolos, fuga para a frente para os realistas?

12 Comments:

  • At 3:26 PM, Blogger Espadachim said…

    é uma falsa questão porque o Gates não pode sair do Iraque a correr e se optar por mandar mais tropas como os militares querem ou deixá-las continuar a ser flageladas ainda vai passar por mais do mesmo

     
  • At 7:00 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Espadachim:
    Penso que não será só o novo Secretário da Defesa nessa situação, os Congressistas e Senadores Democratas que votaram a Guerra - a maioria dentro do partido - também andam aos apalpões, acerca de como atender o eleitorado.
    Abraço.

     
  • At 7:01 PM, Anonymous Anonymous said…

    Este senhor não ia falhar este evento pelas razões apontadas. Ele sabe com que linhas se cose e pelas vias por onde circula. Aliás, há por aí uns GPS's que já indicam vias alternativas.

     
  • At 7:05 PM, Anonymous Anonymous said…

    Caro Paulo,desculpe. Errei o post. Tratava-se da "falha" Sócrates.

     
  • At 7:22 PM, Anonymous Anonymous said…

    E parece que o Mr.Bush finalmente reconheceu o fracasso na campanha no Iraque, não é verdade? E agora como vai ser? Aqueles desgraçados vão ficar lá a apanhar os cacos?

     
  • At 8:02 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Caro Anónimo:
    Não tem qualquer importância, percebe-se bem qual era o destino do «grão». Devo dizer que, reconhecendo ser muuuuuuito mau, essa versão ainda me agrada mais do que a do engano...
    Abraço.

     
  • At 8:06 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Essa é A pergunta, Caro Capitão-Mor. A "solução" que a Imprensa aponta é para rir. Dizer que a chave da saída reside em responsabiliazar os vizinhos do Iraque pela futura paz do País é como convidar os chacais a repartir a carcaça da presa morta.
    Creio que a única hipótese de paz passará pela divisão do País em três. Outra era a restauração da Monarquia, mas nessa nem pensam os donos do Mundo.

     
  • At 11:36 PM, Anonymous Anonymous said…

    «Quem semeia ventos colhe tempestades», diz a sabedoria popular e com razão. Os infantis e arrogantes dos americanos, cada vez mais manipulados e alienados, ainda não perceberam que os 20 e tal mil de inválidos da guerra apenas serviram o fanatismo e o capitalismo da clique Bush e companhia, seres desumanos, incapazes de pensarem nos outros com um minimo de respeito.
    Os focinhos dos porcos americanos do Tio Sam ainda vão ter de roçar muito no chão, até que aprendam que não é bem, não é evangélico torturar e sadomazocar nos seus bunkers donde saiem apenas cheios de coletes para ver as mortes que diariamente confirmam o objectivo diabólico que sempre esteve na mira de Cheney e dos outros tarados da superioridade americana : dividir(= diabolos), minar, fragmentar.
    Que venha o tribunal internacional o mais cedo possível que julgue Bush, Chenney, Rumesfeld e os outros criminosos respponsáveis por milhares de mortos e pelo fim da paz num país em que o tirano antigo parece hoje um santinho em comparação aos pistoleiros e torturadores americanos.
    Tirem o mais cedo possível Bush e a sua administração da Casa hoje em dia bem negra e avermelhada com tanto sangue que escorre no invisivel sobre ela.
    Certamente que Jesus diria a Bush, à Condoleza Rice, agora mais caladinha, a Rumesfeld e a Cheney: Malditos...Retirai-vos que não vos conheço... A verdadeira justiça divina triunfará...

     
  • At 9:25 AM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Caro Anónimo:
    Huuuum, Eu não tenho tanta facilidade em Pôr-me no papel de Jesus e os adversários dos norte-americanos no Iraque são gente ainda menos recomendável,além de que ~estou convicto de que outra adinistração não teria deixado de optar pela Guerra para remover Saddam. Teria conduzido com cabeça o que se seguia? talvez, mas nunca o saberemos. Tudo somado, creio que sópoderá ser evitada mais carnificina dividindo o País em três. Se os turcos deixarem, claro,
    que um Curdistão independente a excitar irredentismos não é coisa que apreciem. em última análise o Iraque é um Estado que nasceu torto e acaba tortíssimo. Saudades do tempo de Harun-Al-Raschid? Com certeza, mas o Califado de Bagdad era muito mais do que este retalho e tinha os Curdos por amigos e servidores, veja-se Saladino...
    Abraço.

     
  • At 12:20 AM, Anonymous HO said…

    "O primeiro voi vencido na tentativa de reeleição, nada tendo a perder em mostrar-se mais rumsfeldiano que Bush, jogando toda a possibilidade de um retorno político na imagem de uma fidelidade absoluta aos princípios de votações anteriores, impeditiva de alinhar com inversões de sentido de marcha."

    Mesmo discordando de muitas das ideias dele, devo dizer que o Sen. Santorum não me parece nada um oportunista ou alguém que defina as suas ideias por tacticismos; e que me inclino a avaliar essa lealdade da forma mais benévola possível - ou quase impossível, tratando-se de um político.

    Aliás, vi um anúncio de campanha dele, precisamente sobre este assunto, que terminava com aquela frase clássica "Eu sou o senador Rick Santorum e aprovo esta mensagem" mas seguida de um "...apesar de saber que não era aquilo que gostaria de ouvir".

     
  • At 1:02 AM, Anonymous Anonymous said…

    Amigo
    Porque tinham os americanos que ir ao Iraque, porque tinham eles que tirar Saddam?
    Foi pior a emenda que o soneto, claramente.
    E de facto, o amigo vê bem, pois estes democratas que se preparam para fazer correr a vergonha dum ex-alcólico e uma série de tarados a governarem um dos paises mais poderosos do mundo (que se acautelem com a china), pelo que vimos no congresso das estrelas do ps, no porto, é como julgo eu hoje a amior parte doa mericanos um bluff. Pareceia um atrasadinho mental a falar, que só se tinha que nadar a fazer telefonemos para todos, apertar a mão a todos, pedir a todos, que era uma peramente campnaha aquilo a que os socialistas tem de andar sempre...
    O antónio Costa na primeira fila foi quem mais bateu palmas, mas poderia ter sido o chorão do Almeida Santos, com uma batina esfarrapada de estudante a pedir mais uns tostões para as suas riquezas africas ou para as reformas dos senhores deputados.
    De facto, só Os Karambas, mayas e outros quejando e quejandas é que se atrevem a prever o que vai ser a saída dos sanguinários merceários, que bush, blair e howhard lançaram como cães de fila sobre os pobres dos islâmicos...
    Que venha a paz, e que os fogos que radem nos estados unidos e na austrália ardam nas almas desses tr~es dirigentes a ver se eles deixam de nadar a lançar bombas e a fazer subir atemperatura gobal do laneta e amandarem tanat gente para os infernos que rodeiam a terra, cheios de violência por terem sido roubados à vida tão prematuarmente, por causa das bastas dos soldados americanos, que ainda hoje mataram de cima dos seus bombardeiros mais trinat inocentes...
    paz, paz, apz

     
  • At 10:14 AM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Meu Caro Ho (Hugo Oliveira ou Stanley?):
    Longe de mim insinuar que Rick Santorum é um oportunista! Se o fosse, não teria perdido tantos ensejos de "centrar" o seu discurso, camuflando os respectivos valores, naquele que é, dos estados mais renhidamente disputados entre os dois grandes partidos, o terreno onde Bush, desde o princípio, mais dificuldade teve em penetrar.
    O que quis dizer - e julgo que escrevi - é que todo o futuro político do cessante Senador assenta agora sobre a possibilidade de os ventos da História mudarem e, no Futuro, os factos poderem permitir-lhe dizer que tinha razão na sua intransigência.

    Caro Anónimo:
    Saddam tinha de ser apeado. Mesmo para quem relativize os massacres, sistemáticos e ordenados hierarquicamente, de curdos e xiitas, há uma coisa que não se pode ignorar - o homem invadiu quatro países vizinhos e, se tem ficado lá, estaríamos ainda a pensar qual seria o próximo. Além de não ser boa política deixar imcólumes os invasores vencidos. Devo dizer que nunca papei a história das armas de destruição em massa, mas a sua invocação era folclore para ONU ver e enganar Powells.
    As minhas críticas são dirigidas aos meios disponibilizados pelo Pentágono para vencer a guerra, não os mais apropriados, segundo os chefes militares no terreno, que aumentaram desmesuradamente as baixas. A aposta em criminosos comuns como Chalabbi para fantoches no local, seguindo-se-lhe homens mais honestos, embora igualmente marionetas e demasiado conotados com o activismo anti-sunita de curdos e xiitas. Acima de tudo, a total ausência de uma ideia capaz para a governação do País no pós-guerra, sem qualquer projecto de edificação nacional que fosse além da exportação de votos e "dollars", pensando universal o modelo americano, a par do trágico confinamento aos quartéis de forças sem preparação e informação para o microcombate urbano, acrescida ainda de um irresponsável desmantelamento policial e da "inteligência" que deixou as pobres populações indefesas sujeitas à carnificina diária.
    Abraços a Ambos.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

 
">
BuyCheap
      Viagra Online From An Online pharmacy
Viagra