O Misantropo Enjaulado

O optimismo é uma preguiça do espírito. E. Herriot

Thursday, November 09, 2006

Os Infortúnios da Explicitação

.


Para todos Aqueles que compartilham comigo a fascinação pelo tom que se desprendia da fabulosa série «BRIDESHEAD REVISITED», fica comunicado que encontrei ontem este livrinho, que termina com um episódio inédito sobre a formação do protagonista. Infelizmente não se topa com o mesmo encanto. Soa demasiado a explicação do romance, com a renúncia do pai de Charles Ryder a rezar como antecedente do agnosticismo confessado na obra maior e as relações pessoais num colégio inglês inquinadas pela hierarquização estigmatizante, previsões exploratórias de uma contenção que assegurasse a capacidade de comando sem predisposição para tal. E terminadas pelo expectável castigo corporal que, mais do que a coisa, faz o mito.
Muita da adesão irresistível da atmosfera do seriado vinha da margem que deixava para adivinhar a origem dos comportamentos. Com esta pista escusada pouco ganha.

Posted by Picasa

4 Comments:

  • At 12:46 PM, Anonymous Anonymous said…

    Caro Paulo,
    Qdo vi o teu "post" fiquei felicíssima! Brideshead!!! A série que revi deliciada, uma vez mais, este Verão. E então? Achas que dispense o livrinho de comparecer na opinião encantada que tenho daquelas personagens?
    bjs,
    MI

     
  • At 7:25 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Querida Margarida:
    Também sou fã incondicional da série que considero a melhor do mundo e de sempre, no que creio estar acompanhado pelo Amigo Je Maintiendrai.
    Este livrinho, sem dúvida, não faz falta. É indício demasiado falho de subtileza sobre a formação do carácter de Charles que, com o respectivo pai, creio ser o único a aparecer aqui.
    Beijinhos.

     
  • At 3:25 PM, Anonymous Anonymous said…

    Um súbito entusiasmo logo seguido de desapontamento. Estou a ver, provalmente este livrinho terá aquele efeito de "explicação" de uma anedota... Pena, a série vista pela primreira vez no final da minha adolescência, constituiu uma imensa revelação afectiva e estética. Já o romance me deixou algo insatisfeita, por não ser tão subtil, (ou tão ambíguo...) nas suas propostas.
    Um abraço.
    Maria das Mercês

     
  • At 7:31 PM, Blogger Paulo Cunha Porto said…

    Querida Maria das Mercês:
    Concordo inteiramente, é um dos raros casos em que o filmado surge melhor do que o escrito. Não sei em que língua terá lido, mas a tradução portuguesa não ficou muito feliz, ainda por cima, apesar dos créditos de Quem a fez.
    Beijinho.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

 
">
BuyCheap
      Viagra Online From An Online pharmacy
Viagra